top of page

Liturgia Diária 17/06

Dia 17 – sábado – Imaculado Coração de Maria: Is 61,9-11; Sl (1Sm 2); Lc 2,41-51.

O relato do evangelho de hoje de Jesus encontrado no templo de Jerusalém aos doze anos é a transição entre os relatos da infância e os da vida pública, a partir do batismo por João Batista. Doze anos é a idade da maturidade religiosa em que o menino judeu assume as obrigações legais tornando-se "filho do preceito". Todo o relato está centrado nas primeiras palavras de Jesus. Essas palavras (v.49) estão voltadas para o futuro, evocam e confirmam a palavra do anjo a Maria quando do anúncio do nascimento de Jesus: ele "será chamado filho de Deus" (Lc 1,35). Maria e José não compreenderam o significado do que ele lhes dissera. Terão que fazer, como será o caso para todo discípulo, um longo itinerário de acompanhamento de Jesus, passando pelo drama da paixão e morte, para, à luz da ressurreição do Senhor, poderem compreender que aquele a quem eles haviam dado uma existência histórica era o Filho de Deus. O que é de Deus precisa ser tratado no âmbito do coração, pois ultrapassa o que a razão entregue a si mesma pode alcançar. É no coração que brota o mistério de Deus e sua compreensão.

Comments


bottom of page