Oficinas Culturais Anchieta

Histórico

O projeto Oficinas Culturais Anchieta – OCA tem como missão auxiliar jovens em situação de vulnerabilidade social em seu desenvolvimento sócio-cultural, valorizando suas histórias de vida, fomentando seu preparo para o exercício pleno da cidadania, sua qualificação para o trabalho, seu espírito comunitário e solidário através da Cultura e da Arte!

O projeto OCA nasceu no Pateo do Collegio, no ano de 2002, durante a reforma do Museu Anchieta. O objetivo do projeto era aproximar os atendidos da cultura e da arte enquanto forma de expressão e ampliação de horizontes. Eram ensinadas técnicas de artesanato e conservação de materiais como madeira, papel, cerâmica, apresentando a arte e suas potencialidades, também enquanto possibilidade de trabalho e profissionalização, sobretudo no campo da conservação e restauro.

Em 2007, em razão da inconstância da participação dos atendidos e pela percepção da realidade social vivida na cidade de Embu das Artes, o P. Carlos Alberto Contieri, atual diretor do Pateo do Collegio, decidiu transferir o projeto OCA para o Museu de Arte Sacra dos Jesuítas, em Embu das Artes.

O projeto OCA cresceu tanto que em maio de 2013 mudou-se para um novo prédio, próximo ao Museu de Arte Sacra dos Jesuítas, e passou a atender a mais de 200 crianças e adolescentes em oficinas de teatro, música, entalhe, cerâmica, inclusão digital, cidadania, música e meio ambiente.


Compartilhe: