Protocolo do Museu Anchieta

Exemple
Protocolo do Museu Anchieta
Para o período da pandemia do Covid-19
Funcionamento

1. O horário de funcionamento do museu será, inicialmente, de terça a sábado das 9h às 15h, podendo ser revisto de acordo com a situação da Pandemia e as orientações das autoridades sanitárias.

Equipamentos
  1. Balcão de atendimento, contendo barreira acrílica entre o visitante e a recepcionista;
  2. Totem com álcool em gel na entrada do circuito de visitação.
Procedimentos de atendimento
  1. A capacidade máxima de visitantes no interior do museu é limitada a 18 pessoas, divididas em dois grupos de 9 pessoas, cada um dos quais será acompanhado por um monitor do MA;
  2. De modo a cumprir a orientação das autoridades públicas relativas à proibição da formação de aglomerações e ao respeito do distanciamento social, não é permitida a permanência de indivíduos sentados nos bancos na recepção e no interior do museu.
Procedimentos para a entrada do visitante
  1. Só é permitida a entrada no museu de pessoas portando máscara de forma adequada (cobrindo o nariz e boca), excetuando-se aquelas com menos de dois anos de idade;
  2. O visitante deve: 1o) adquirir o ingresso; 2o) guardar bolsas, sacolas e demais pertences no armário, higienizar as mãos antes e após mexer nos armários. Não será permitida a manipulação do aparelho celular durante tempo algum da visita, devendo o mesmo ser guardado no armário junto aos demais pertences.
  3. Não é permitida a permanência de mais de 2 visitantes simultaneamente no interior da recepção, a não ser que pertençam ao mesmo núcleo familiar. Caso haja a necessidade de espera, a fila será organizada no jardim interno do Pateo do Collegio, respeitando a sinalização sobre o piso.
  4. A entrada para visitação deverá ocorrer em horários pré-definidos:

Grupo 1

Grupo 2

9h00

9h10

10h00

10h10

11h00

11h10

12h00

12h10

13h00

13h10

14h00

14h10

Circuito de visitação
  1. Todas as visitas serão guiadas exclusivamente, durante o tempo da pandemia, pelos monitores do Museu Anchieta e terão duração máxima de 40 minutos;
  2. Os agendamentos poderão ser feitos desde que respeitem os horários e quantidade de visitantes acima definidos;

a. Havendo necessidade de alimentação, antes ou após o horário do agendamento, por parte dos grupos agendados, isto só poderá ocorrer caso optem por consumir os produtos comercializados no Café do Pateo, e nas mesas indicadas para tal.

3. O visitante deve manter o distanciamento social de 2 metros durante todo o percurso;

4. Será informada pelo monitor a capacidade máxima de cada sala do percurso.

Higienização do circuito expositivo
  1. Há sanitários disponíveis para o público no jardim interno do Pateo do Collegio;
  2. Não há bebedouro no edifício;
  3. As portas cuja manipulação seja necessária, por parte dos visitantes, serão higienizadas com álcool 70% no início, no meio e no final do expediente de visitação;
  4. Os corrimãos das escadas serão higienizados com álcool 70% no início, no meio e no final do expediente de visitação;
  5. O armário da recepção será higienizado com álcool 70% no início, no meio e no final do expediente de visitação.
                      
    
    São Paulo, 13 de outubro de 2020
    
Read More →
Compartilhe:
Exemple

Dando continuidade as publicações do mês de Anchieta e as postagens relacionadas à vida e obra do apóstolo do Brasil, no dia de hoje falaremos sobre um momento que marcou o imaginário popular associado à São José de Anchieta e foi eternizado em 1901 no quadro “O Poema à Virgem” de Benedito Calixto.

Esse momento faz referência a um episódio da Confederação dos Tamoios, conflito que ocorreu entre 1554 e 1567 envolvendo indígenas e europeus de ambos os lados e culminou com a expulsão de indígenas e franceses estabelecidos na região da Baía da Guanabara. O episódio, conhecido na história como “A Paz de Iperoig”, ocorreu em 1563 e foi uma tentativa de por fim à guerra que se alastrava pela capitania de São Vicente. Durante as negociações de paz, São José de Anchieta se ofereceu para ser mantido cativo dos indígenas tamoios na região de Ubatuba, local onde o santo escreveu seu poema nas areias da praia.

Composto por 5.786 versos, o poema dedicado à Virgem Maria intitulado “Poema da Bem-aventurada Virgem Maria Mãe de Deus” foi posteriormente registrado em papel por São José de Anchieta, o que permitiu que essa obra chegasse até nós na atualidade. Para conhecer mais sobre está obra, disponível na íntegra na biblioteca P. Antônio Vieira, e sobre a história dos jesuítas, visitem o Pateo do Collegio!! #vempropateo

Read More →
Compartilhe:
Exemple

 História do Pateo do Collegio: roteiros no local de origem da cidade

Inscrições abertas

 

No próximo dia 1º de abril, o Museu Anchieta promoverá mais uma edição do minicurso sobre a história do Pateo do Collegio. Esta atividade é voltada aos profissionais de Turismo, guias e agentes culturais como subsídio para suas monitorias em nossa Instituição.

 

As inscrições serão realizadas por email (agendamento@pateodocollegio.com.br) e será cobrada uma taxa de R$ 15 (quinze reais) para realização do minicurso. Todos os que participarem da atividade receberão em seu email de cadastro o material de apoio (um resumo das informações explanadas durante o curso) e o certificado.

 

Dúvidas e sugestões, favor entrar em contato no email museu@pateodocollegio.com.br

ou pelo telefone (11) 3105-6899

 

Read More →
Compartilhe:
Exemple

Museu Anchieta | Comunicado sobre o credenciamento de guias e agentes de Turismo

 

De acordo com o informe realizado no início deste ano, nós do Pateo do Collegio iniciaremos um processo de credenciamento de todos os guias e agentes de Turismo que atuam em nossa Instituição. É uma forma de garantir a qualidade dos serviços prestados e das informações transmitidas ao grande público.

Sabemos que a maior parte dos profissionais que atuam no Pateo do Collegio já participaram de nosso curso de formação em anos anteriores. No entanto, preocupados com a qualidade das monitorias realizadas, faremos o credenciamento dos profissionais através da aplicação de questionário sobre os conteúdos básicos abordados nas monitorias.

A aplicação do questionário será todas as sextas-feiras, das 9 às 11 horas, a partir do dia 16 de agosto. As inscrições serão feitas através do email agendamento@pateodocollegio.com.br, num máximo de 30 inscritos por dia. Por isso, solicitamos que realizem o quanto antes a reserva da data para realização do questionário.

As respostas serão submetidas à avaliação da Coordenação e, após a aprovação do guia de Turismo, faremos a emissão de uma credencial física, pessoal e intransferível, que deverá ser apresentada no ato da visita ao Pateo do Collegio. Os profissionais que não forem aprovados deverão passar por uma reciclagem através de nova participação no mini curso oferecido pelo Museu Anchieta.

Ressaltamos que a aplicação do questionário e a emissão da credencial não acarretarão em qualquer custo aos guias e agentes de Turismo, mas são um esforço para garantirmos, juntos, o respeito ao público e o profissionalismo em nossa Instituição.

 

A partir de janeiro de 2020 será obrigatória a apresentação desta credencial na Recepção do Museu Anchieta para realização de monitorias no complexo do Pateo do Collegio.

 

 

Obs.: não haverá a aplicação de questionário nos dias 25/10 e 01/11

Read More →
Compartilhe:
Exemple

Oficina de taipa

Neste período de férias escolares, o Museu Anchieta promove uma oficina de taipa a fim de proporcionar aos visitantes uma experiência de aprendizado sobre esta técnica construtiva tão utilizada no período colonial. Durante a atividade, discutiremos sobre a história desta técnica, as adaptações feitas em diversos lugares e o caso do nosso remanescente histórico de taipa de pilão – o mais antigo da cidade de São Paulo. Tudo isso de forma lúdica, possibilitando interação e aprendizado para toda a família!

Dia 20/07, às 14 horas

Inscreva-se: museu@pateodocollegio.com.br

ATIVIDADE GRATUITA!

Read More →
Compartilhe:
Exemple

“São Paulo é a única metrópole que não nasceu em torno de uma fortaleza ou de um porto ou à sombra de um palácio real: São Paulo nasceu e cresceu em torno de uma escola. Seu berço é um símbolo – o Pateo do Collegio”

Olavo Setúbal, prefeito de São Paulo, na festa de reinauguração do Pateo do Collegio em 01 de julho de 1979

 

Hoje comemoramos 40 anos da reinauguração do Pateo do Collegio!

O objetivo desta reconstrução foi que este sítio histórico preservasse seu significado enquanto espaço de memória das origens da cidade de São Paulo. A partir dessa reconstrução, pôde-se resgatar a função e o sentido deste lugar, seu aspecto religioso, cultural e histórico.

Hoje nosso complexo é constituído pela Igreja São José de Anchieta, pelo Museu Anchieta, pela Biblioteca Pe. Antonio Vieira e pelo Café do Pateo. Estes espaços respondem à nossa missão de democratização da cultura e de resgate da história da cidade de São Paulo e da ação da Companhia de Jesus nestes 470 anos de missão no Brasil.

Diariamente, recebemos um grande número de visitantes, grupos escolares, turistas nacionais e estrangeiros que têm a oportunidade de imersão neste universo tão rico e tão cheio de história.

Venha você também conhecer o Pateo do Collegio!

Aberto de terça à sexta-feira, das 09 às 16h45.

 

Imagem: à esquerda, P. Paulo Nacca, SJ e à direita P. Hélio Abranches Viotti, SJ. P. Viotti, jesuíta e historiador, foi o primeiro Diretor do Pateo do Collegio após a reinauguração e esteve à frente da construção do novo complexo. Fonte: Biblioteca Pe. Antonio Vieira | Pateo do Collegio

Read More →
Compartilhe:
Exemple

No próximo dia 08 de junho, o Museu Anchieta promoverá a segunda edição de 2019 do minicurso sobre a história do Pateo do Collegio. Esta atividade é voltada aos profissionais de Turismo, guias e agentes culturais como subsídio para suas monitorias em nossa Instituição.

As inscrições serão realizadas por e-mail (agendamento@pateodocollegio.com.br) e será cobrada uma taxa de R$ 15 (quinze reais) para realização do minicurso. Todos os que participarem da atividade receberão em seu e-mail de cadastro o material de apoio (um resumo das informações explanadas durante o curso) e o certificado.

Dúvidas e sugestões, favor entrar em contato no e-mail museu@pateodocollegio.com.br ou pelo telefone (11) 3105-6899.

Read More →
Compartilhe:
Exemple

O ensino de História indígena: possibilidades de abordagem

No próximo dia 27 de abril, o Museu Anchieta trará a Profa. Dra. Antonia Terra de Calazans Fernandes do Departamento de História da USP para falar de uma temática premente na atualidade: como abordar a história e cultura indígenas, seja na educação formal, seja em espaços culturais que trabalham com este conteúdo, como é o caso do Museu Anchieta.

Desde 2008, quando foi aprovada a lei nº 11.645 que inseriu nas Diretrizes Básicas de Educação o ensino de História e cultura indígena, muito se tem avançado nos estudos e nas diversas abordagens sobre o tema. Ainda assim, professores e os mais diversos educadores ainda encontram muitos desafios para responder à nova legislação. Por isso, a palestra é voltada a todos os que se interessam pela questão.

As inscrições serão realizadas por e-mail (museu@pateodocollegio.com.br) e será cobrada uma taxa de R$ 20 (vinte reais) para participação. Todos os presentes receberão em seu e-mail de cadastro o respectivo certificado.

Dúvidas e sugestões, favor entrar em contato no e-mail museu@pateodocollegio.com.br

ou pelo telefone (11) 3105-6899

Read More →
Compartilhe:
Exemple

No último dia 21 (quinta-feira), o Museu Anchieta promoveu a primeira edição de 2019 do mini curso para Guias de Turismo. Intitulado “História do Pateo do Collegio: roteiros no local de origem da cidade” o curso visa servir de subsídio para todos os agentes culturais que realizam monitorias em nossa Instituição.

Agradecemos a todos os participantes pela presença e informamos que teremos outras edições deste mesmo curso ao longo do ano! Fique atento à nossa agenda para não perder os prazos de inscrição!

Read More →
Compartilhe:
Exemple

História do Pateo do Collegio: roteiros no local de origem da cidade

No próximo dia 21 de março, o Museu Anchieta promoverá a primeira edição de 2019 do minicurso sobre a história do Pateo do Collegio. Esta atividade é voltada aos profissionais de Turismo, guias e agentes culturais como subsídio para suas monitorias em nossa Instituição.

As inscrições serão realizadas por e-mail (agendamento@pateodocollegio.com.br) e será cobrada uma taxa de R$ 15 (quinze reais) para realização do minicurso. Todos os que participarem da atividade receberão em seu e-mail de cadastro o material de apoio (um resumo das informações explanadas durante o curso) e o certificado.

Dúvidas e sugestões, favor entrar em contato no e-mail museu@pateodocollegio.com.br ou pelo telefone (11) 3105-6899.

 

Read More →
Compartilhe: